segunda-feira, outubro 11, 2010

A vida muda

www.hannysaraiva.wordpress.com



Link esse texto // 1 Comentários

domingo, setembro 26, 2010

A menina do olho azul

Quando a menina do olho azul abriu a porta de seu Fusca, ela deu uma risadinha de canto de boca. Enquanto todos diziam que ela era natural ela celebrava. Mentir era divertido. Assim como comer amendoim com cobertura de caramelo.

- Traga uma nova dose de bebida transparente, ela dizia.

Enquanto todos serviam a estrela, ela inventava novas palavras criadas por um mundo linguístico que aceitava qualquer tipo de formação vocabular.

Ela inventou a palavra WEINBOUF. E passou a dizer que "de agora em diante só WEINBOUF poderia fazê-la dormir com estranhos".

Anagramas e até um jogo infantil foram criados para ver se alguém adivinhava o significado.



Link esse texto // 0 Comentários

quinta-feira, setembro 23, 2010

O homem encantado

Ele era um homem com turbante azul e uma face severa. Dessas que se fecham quando se olha mais profundamente. Tinha um risco perto da sobrancelha falhada. Não sabia de onde vinha a marca. Uns dizem que sua memória havia sido arrancada por militares, outros que ele fingia esquecer para ter um ar de mistério em volta de seu passado. Ensinou algumas técnicas de controle de charme pessoal para uns. E de esnobice para outros. O que todos sabiam era que era um homem encantado. Desses que parecem flutuar quando passam pela calçada. Desses que não fumam, mas estão sempre com um cigarro por perto. As pessoas se aglomeravam perto dele. Não o tipo de multidão sufocante, mas um tipo de reunião de arte em prol da sedução do mundo. As pessoas ficavam mais bonitas, mais cinematográficas, mais musicais. Uns chegavam a dizer que era poder de demônios, outros de que ele havia morado muito tempo nos Bálcãs e que de lá trouxe sabedoria primitiva.

Ele era um homem com turbante azul e uma face severa. Quando perguntavam de onde ele era, ele sempre dizia: 'Sou do mundo.' Teve gente que até fez música com isso. Depois ele desapareceu por um tempo como quem pega sapato errado por engano. Quando voltou as pessoas não o reconheceram. Não tinha mais turbante nem cara severa. Tinha dois olhos azuis berrantes que piscavam em câmera lenta toda vez que alguém dizia Oi. O mundo enlouqueceu gozando sua figura. Ele era um homem encantado, não havia dúvida.



Link esse texto // 0 Comentários

segunda-feira, setembro 20, 2010

¨

Cortou a cabeça como quem corta cenouras. Queria a vida leve, mas só sabia passar por ela a machadadas.

Cortou o pé como quem corta agrião. Queria ser cantor, mas só sabia melodias de peão.

Cortou o joelho como quem corta nuggets em prato raso. Queria ter os dentes perfeitos, mas não escovava os dentes 3 vezes por dia.

Cortou a orelha como quem corta ovo cozido para salada. Queria deitar em uma cama fofa e abraçar o travesseiro, mas havia infiltrações que pingavam sobre o colchão.

Humano com sonhos, pensamentos imperfeitos e uma dor nas costas que se chamava peso do mundo.

A cada morte que encaixava em sua existência uma descoberta interna surgia. Ele matava pra se encontrar. Assassinos também tinham corações doídos.



Link esse texto // 1 Comentários

domingo, setembro 19, 2010

Bla

# Hgsydgsehdhsfghsd bla bla bla hduegfgshdapwqoiroieudshfj bla bla bla hsduehdsgfhdgsfhdg bla bla bla hfjysefuhsjdwoeiowurshdfbx bla bla bla hsduifhsufhdsgfhdgh e foi assim.
# Oi? Desculpe, estou com tanta dor de cabeça que não consigo me concentrar. Repete.
# Toma uma aspirina, vai deitar, por que cê tá aqui então?
# Quero comprovar a teoria de que prestar atenção é um ato de equilíbrio.
# Que masoquismo.
# É, meu lado negro da Força.



Link esse texto // 0 Comentários

quinta-feira, setembro 16, 2010

O mundo sobre Ella

As coisas do mundo vão atingi-la com tanta força que rodopiar será só um giro de 360º.



Link esse texto // 0 Comentários

terça-feira, setembro 14, 2010

O tédio via msn

1:-Ei.
2:-Hey.
1:-Ey.
2:-Hei.
1:-Eih.
2:-Ok, cansei.



Link esse texto // 1 Comentários





Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010
Junho 2010
Julho 2010
Agosto 2010
Setembro 2010
Outubro 2010



Supercaliflagili...
Stuff no one told me
Post Secret
Mesa de Bar
Sentido Absurdo
O Diário Aberto de R.
Pigs in Maputo
Ventos Verdes
Sabedoria de Improviso
Páprica Doce
Escuridão